25.8 C
Limeira
26/01/2022

Limeira ultrapassa 30 mil pessoas contaminadas pela Covid-19; mais quatro mortes são confirmadas

Must read

Mais quatro mortes em decorrência da Covid-19 foram confirmadas nesta sexta-feira (14), conforme balanço da Secretaria de Saúde. Os casos são de três mulheres (51, 65 e 88 anos) e um homem (58 anos). Ao todo, são 690 mortes confirmadas. Há, ainda, 11 óbitos suspeitos em investigação, sendo dois novos registros hoje – dois homens, 38 e 45 anos.

Além disso, mais 184 casos foram confirmados, totalizando 30.176 confirmações. Desse total, 29.358 estão recuperados e 128 se recuperam internados. Há, também, 19 pacientes de outras cidades internados em Limeira. Os profissionais da saúde com confirmação para a Covid-19 são 1.083.

INTERNAÇÕES

Na Unidade de Referência Coronavírus (URC), há 81 internados (ocupação de 77,1%). Desses, 35 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – ocupação de 87,5% –, 42 em leitos clínicos (ocupação de 87,5%) e quatro (4), em leitos de suporte ventilatório (emergência).

Considerando-se os leitos gerais (URC hospitais), são 393 internados ao todo (ocupação de 81,5%). Desses, 132 estão em UTI (ocupação de 78,1%) e 261, em enfermaria (83,4% de ocupação). Do total de internados em Limeira, 147 têm confirmação para Covid-19.

VACINAÇÃO

A Secretaria de Saúde também atualizou o número de vacinas contra a Covid-19 aplicadas em Limeira até o momento. Ao todo, foram 88.005 doses aplicadas, sendo 57.573 da primeira dose e 30.432 da segunda.

Do total de vacinas aplicadas (primeira e segunda dose), 10.201 foram em profissionais da saúde; 528 em idosos abrigados e 117 em cuidadores; 71.797 em idosos; 674 em idosos acamados; 1 em indígena; 26 relacionadas a um bloqueio; 1.542 nas forças de segurança (de Limeira e das outras sete cidades vacinadas no município); 2.133 em profissionais da educação; 90 em pessoas com Síndrome de Down; 71 em transplantados; 58 em pessoas em Terapia Renal Substitutiva; 2 em puérperas; 21 em pessoas com deficiência permanente; e 744 em pessoas com comorbidades.

Publicidade

More articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Publicidade

Mais recente...